Você sabe como lidar com o coronavírus no condomínio?

Não está sendo tarefa fácil gerenciar esta pandemia do coronavírus no condomínio, bem como outras doenças infecciosas.

Com as informações chegando rapidamente e nem tudo que se vê e ouve é verdadeiro, nem quem está acostumado a acompanhar a mídia no geral tem dado conta de absorver tantos dados, dicas, estatísticas e recomendações de especialistas. Mas isso não pode ser desculpa para não se prevenir. 

O principal é não entrar em pânico.

Prém algumas medidas são necessárias para evitar contágio.

O que antes era pra quem fazia parte dos grupos de risco e infectados, agora se estendeu à toda a população devido à gravidade do quadro da presença do coronavírus no Brasil. 

Além da preocupação para quem mora em condomínio em compartilhar áreas comuns como elevadores e garagens, agora é preciso dar conta do protocolo do Covid-19, nome oficial do coronavírus.

Em casa, é mais fácil controlar que os ambientes fiquem arejados. O isolamento é uma recomendação de infectologistas do mundo todo.

A motivo é simples: pessoas que não têm contato prolongado com indivíduo infectado diminuem consideravelmente o risco de adquirir a doença. 

O síndico, conselho e administradora devem se atentar para a elaboração de uma plano de contingências específico para lidar com o coronavírus e outras doenças infecciosas. 

  • Espalhar tubos de álcool em gel nas áreas de comum acesso e para toda equipe que trabalha no condomínio;
  • As superfícies e objetos que são tocados com frequências devem ser devidamente desinfetadas;
  • O morador que tiver que ir ao supermercado ou farmácia, se disponibilizar para comprar também para outros moradores, principalmente para aqueles moradores que fazem parte do grupo de risco; 
  • Reforçar a higienização das áreas do condomínio;
  • Não realizar reuniões ordinárias de condomínio;  
  • Não permitir elevadores lotados;
  • Realizar campanhas de conscientização sobre a extrema necessidade de lavar muito as mãos e cobrir boca e nariz com lenço de papel ao tossir ou espirrar;
  • Em caso um dos moradores fique doente, não circular de forma alguma nos corredores e nas áreas comuns do condomínio.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print