Drogas no Condomínio – 5 dicas Simples para lidar com o problema.

 1 – Sempre procure a negociação e conversa para resolver o problema, procure o morador em um momento propício e reforce as regras do condomínio e as penalidades que o morador esta sujeito, como multas, por exemplo.

2 – Os usuário de drogas, como qualquer morador do condomínio deve ser abordado através de uma conversa pacifica e objetiva, solicitando que as regras e normas do condomínios sejam compridas.

3 – Em casos que envolvem adolescentes é imprescindível que a família seja comunicada para que rapidamente seja tomada uma ação. A família e os pais são extremamente importantes na conscientização desses jovens.

4 – Caso a conversa não tenha efeito e o usuário continue causando problemas aos moradores e ao condomínio, o síndico pode realizar uma denúncia de maneira anônima à polícia, e é importante que o síndico não se envolver de modo direto e pessoal nestes casos.

5 – A Prevenção é muito importante contra o uso de drogas no condomínio, procure intensificar a iluminação em locais próximos a jardins ou com um fluxo menor de pessoas. Faça instalações de câmeras em locais estratégicos.
Organize a equipe de segurança do condomínio e funcionários como o zelador ou porteiro para que façam rondas a fim de inibir o consumo. Os usuários, em sua maioria, optam por locais mais discretos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on print